20/10/2014

[CREEPY VIDEOS] Jogando Evil: The Game - Hora do Pesadelo!

Hoje, finalmente, jogaremos o segundo game mais pedido do canal já faz um bom tempo... É isso ai, meus caros. Hoje, traremos pra vocês o famoso Evil, um jogo que se trata de um pesadelo de uma pessoa que fumou muito orégano antes de dormir. Deem uma olhada!

E fiquem atentos, pois no próximo Creepy Video, nós jogaremos, por fim, o jogo mais pedido do canal, que eu tenho certeza absoluta que todos vocês sabem bem de qual se trata. 

Aguardem, pois estamos prestes a virarmos seguranças noturnos de um lugar bem peculiar...

Confiram! Se gostarem, não se esqueçam daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/


Link para download do jogo:

18/10/2014

Arquivo CP - Teaser Trailer

Confiram agora o teaser trailer da mais nova série do canal: Arquivo CP!

Esta série será basicamente sobre adaptações de creepypastas famosas que vocês com certeza devem conhecer. A primeira temporada contará com 10 episódios, ou seja, 10 adaptações recheadas de terror, suspense, e muito mais! O primeiro episódio irá ao ar no dia 31 de Outubro, está preparado?!

Confiram! Se gostarem, não se esqueça daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/

17/10/2014

STRONGSTAR PRODUCTIONS / CPBR NA BGS 2014!!!

Confiram agora tudo que se passou em nossa ida até a BGS, desde que saímos de casa, até a hora de voltarmos, e isso inclui metrô, fila, eventos e fãs que nos encontraram lá pra trocarmos uma idéia \o/ É um vídeo longo, mas garanto que valerá a pena haha'

Confiram! Se gostarem, não se esqueça daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/

16/10/2014

[MALDIÇÕES E REAÇÕES] Dining Room or There is Nothing - Oh Long Johnson!

Hoje, assistiremos um vídeo que bomba em tudo que é "Top 10" de videos macabros por ai, que é o vídeo "Dining Room or There is Nothing". Será que ele é tão macabro assim quanto dizem ser?

Confiram! Se gostarem, não se esqueçam daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/


Link para o vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=ns1SGo3WCF4

15/10/2014

Piloto Automático.

Alguma vez você já esqueceu seu telefone?

Quando você percebeu que tinha esquecido? Acredito que você não parou e deu um tapa na própria testa e exclamou "droga" do nada.  Provavelmente a compreensão não veio espontaneamente. Mais provável que você colocou a mão no bolso para pegar o telefone, seja da calça ou da mochila, e ficou confuso o porquê dele não estar lá. Então refez seus passos mentalmente.

Merda.

No meu caso, o alarme do celular me acordou como normalmente, mas percebi que a bateria estava mais baixa do que esperava. Era novo e tinha esse hábito irritante de deixar aplicativos abertos que faziam com que a bateria fosse diminuindo durante a noite. Então coloquei no carregador enquanto tomava banho, ao invés de colocar na minha mochila como sempre fazia. Fui puxado para fora da minha rotina momentaneamente, mas foi o que foi preciso. Uma vez dentro do banho, meu cérebro se recolocou "na rotina" que fazia toda manhã e era isso.

Esqueci.

Isso não era um caso de deslize, como pesquisei depois, é uma função cerebral conhecida. Seu cérebro não funciona em um nível só, e sim em vários. Tipo, quando você está andando para algum lugar, você pensa no seu destino e em evitar perigos, mas não precisa ficar pensando em usar suas pernas direito. Se você pensar, suas pernas pareceriam feitas de gelatina. Não pensava sobre minha respiração, e sim se eu devia pegar um café antes de ir para o trabalho (peguei). Não estava pensando nos meu café da manhã que estava viajando pelo meu intestino, estava pensando se conseguiria buscar minha filha Emily na escolinha antes de pegar outro engarrafamento. Essa é coisa: Existe um nível do seu cérebro que lida com a rotina para que outros níveis se importem com outras coisas.

Pense. Pense sobre sua última viagem de casa até o trabalho ou escola. Do que você realmente se lembra? Pouco, se é que alguma coisa. A maioria das viagens se borram em uma só, e se lembrar de alguma particularidade sobre um determinado dia foi provado ser muito difícil, se não impossível. Faça algo repetidamente e logo virará rotina. Continue fazendo e parará de ser processado pelo cérebro na parte de particularidades e irá para a parte do cérebro que processa rotinas. Se cérebro continua a processar, mas você não pensará diretamente naquilo. Logo você pensará na sua rotina até o trabalho tanto quanto pensa em como suas pernas funcionam: não muito.

A maioria das pessoas chama isso de Piloto Automático. Mas é perigoso. Se você consegue dar uma pausa na sua rotina, isso quer dizer que sua capacidade de lembrar que quebrou a rotina é tão forte quanto tua capacidade de entrar no modo de rotina automaticamente. Minha habilidade de lembrar que o celular está no bancadaé tão pequena quanto a habilidade de desativar o "modo rotina da manhã" que faz com que eu ache que o celular está na bolsa. Mas não consegui fazer com que meu cérebro saísse do modo de rotina. Entrei no banho como sempre. A rotina começou. Exceção esquecida.

Piloto automático ativado.

Meu cérebro estava de novo na rotina. Tomei banho, fiz a barba, o rádio anunciando o tempo, dei o café da manhã a Emily e a pus no carro (ela estava uma gracinha nessa manhã, reclamou sobre o "sol ruim" que estava muito forte em seus olhos, dizendo que a impedia de tirar um cochilo até a escolinha) e fui. Essa era a rotina. Não importava que meu celular estava no bancada, carregando silenciosamente.  Meu cérebro estava na rotina e na rotina meu celular está na mochila. Esse é o motivo de ter esquecido o telefone. Não "falta de jeito". Não negligência. Nada mais do que meu cérebro dentro da rotina fazendo eu esquecer exceções.

Piloto automático ativado.  

Sai para o trabalho. Já estava um dia escaldantemente quente. O sol ruim já estava queimando desde o momento em que meu celular me acordou. O volante estava pelando quando sentei no banco do motorista. Acho que ouvi Emily trocando de lugar no banco de trás para pegar o lado com sombra. E fui para o trabalho. Terminei relatórios. Fui a reuniões. Não foi até fazer uma pequena pausa para o café que procurei meu celular e a ilusão se quebrou. Refiz meus passos. Lembrei da bateria fraca. Lembrei de ter colocado para carregar. Lembrei ter deixado em casa.

Meu celular estava na bancada.

Piloto automático desativado.

Mas novamente, é aí que mora o perigo. Até este momento, o momento em que procura seu celular e destrói a ilusão, aquela parte do seu cérebro ainda estava no modo de rotina. Não questiona em nenhum momento os fatos da rotina; por isso que se chama rotina. A repetição. Não é como se alguém pudesse dizer "Qual o motivo de você ter esquecido o celular? Como não se ligou? Como pode esquecer? Você é muito negligente"; esse não é o ponto. Meu cérebro estava me dizendo que minha rotina estava completamente normal, tirando o fato de que não estava. Não era que eu tinha esquecido meu celular. De acordo com meu cérebro, de acordo com a rotina, meu celular estava na mochila. Por que motivo eu questionaria isso? Por que conferiria? Por que, do nada, eu lembraria que meu celular estava na bancada? Meu cérebro estava ligado a rotina e a rotina dizia que meu celular estava na mochila.

O dia continuou cozinhando. A manhã foi se afastando com a chegada da temperatura febril da tarde. O asfalto borbulhava. Os raios de sol ameaçavam rachar as calçadas. Pessoas trocavam seus cafés por sorvetes. Jaquetas descartadas, mangas nos cotovelos, gravatas afrouxadas e sobrancelhas suadas. Os parques logo se encheram de churrasqueiros. Cortinas das janelas escancaradas. O termômetro continuava a subir. Graças a Deus o escritório tinha ar condicionado.

Mas, como sempre, a fornalha do dia foi mudando para uma noite muito mais agradável. Mais um dia se fora. Ainda me amaldiçoando por esquecer meu celular, dirigi para casa. O calor do dia tinha cozinhado o carro, deixando um cheiro terrível no ar. Quando cheguei em casa, minha mulher estava na porta me esperando.

"Cadê a Emily?"

Merda.

Como se esquecer o telefone em casa não fosse péssimo o suficiente. Depois de tudo, tinha esquecido Emily na escolinha. Imediatamente acelerei em direção a escolinha. Fui até a porta praticando minhas desculpas, me perguntando se eu poderia fazer um charme para que perdoasse meu atraso. Vi um pedaço de papel colado na porta.

"Por causa do assalto que ocorreu durante a noite, use a porta dos fundos. Só hoje."

Durante a noite? A porta estava normal pela manh-.

Congelei. Meus joelhos amoleceram.

Assalto. Mudança da rotina.

Meu celular estava na bancada.

Eu não tinha estado aqui hoje de manhã.

Meu celular estava na bancada.

Eu passei direto porque estava tomando meu café. Eu não deixei Emily na escolinha.

Meu celular estava na bancada.

Ela tinha mudado de lugar no banco de trás. Não pude vê-la pelo espelho.

Meu celular estava na bancada.

Ela tinha caído no sono no sol ruim. Ela não falou quando passei direto pela escolinha.

Meu celular estava na bancada.

Ela tinha mudado a rotina.

Meu celular estava na bancada.

Ela tinha mudado a rotina e eu tinha esquecido de deixá-la na escolinha.

Meu celular estava na bancada.

9 horas. O sol escaldante. Sem ar. Sem água. Sem energia. Sem ajuda. No calor. O volante quente demais para tocar.

O cheiro.

Andei até a porta do carro. Amortecido. Chocado.

Abri a porta.

Meu celular estava na bancada e minha filha estava morta.

Piloto automático desativado.



Mr. Mix

Alguém se lembra de um antigo jogo de computador lançado em meados dos anos 90, chamado “Mr.Mix”? É basicamente um jogo de digitação, similar ao Mario Teaches Typing, onde você deve digitar palavras para fazer o cozinheiro (cujo nome é o titulo do jogo, Mr.Mix) colocar os ingredientes em uma tigela.

Diferente de muitos games de digitação, esse game se destaca por ter um level de dificuldade completamente insano. O jogo pede que você digite algumas palavras a cada level, sendo umas 10 no level um, chegando a umas 85 no level três. Lá pelo level cinco, o número de palavras já estará alcançando umas 500, tornando praticamente impossível de avançar no jogo.

Uma das coisas que as pessoas imediatamente notaram no jogo, foi o som de fundo. O som do primeiro level era um estranho padrão de grunhidos que ficam altos progressivamente no decorrer do level, frequentemente causando danos para as caixas de som da época, que não suportavam tal volume.

O Segundo level não tinha som, e o terceiro tinha o que soava como uma gravação de baixa qualidade de um secador de cabelo tocando ao fundo. Os dois levels restantes tinham um tipo de sino ou alarme extremamente alto, causando sérios danos auditivos para aqueles que conseguiam ir tão longe no jogo.

Outro perturbador aspecto do jogo, era o design do próprio Mr. Mix. Um homem largo, de rosto redondo, com manchas vermelhas nas bochechas e olhos arregalados.

Muitas crianças que jogaram, reportaram sofrer com pesadelos vívidos, onde o Mr.Mix conversava com elas, em voz baixa e rouca, ameaçando para que elas não revelassem algo. Porém, nenhuma delas lembrava o que era exatamente.

Um psicólogo que acompanhou várias dessas crianças, reportou estar perturbado com tamanho terror que as crianças deixavam transparecer em seus rostos enquanto contava os detalhes dos pesadelos.

Muitas crianças desabaram no choro durante as seções com o psicólogo, implorando para que os pais pudessem “salva-las”. No entanto, nenhuma relação direta com o jogo poderia ser determinada por esses poucos casos, já que nem todas as crianças apresentavam os mesmos efeitos.

Por razões óbvias, esse jogo não teve boas vendas. Ele permaneceu em relativa obscuridade até alguns anos atrás, quando hackers conseguiram uma ROM do jogo e começaram a ‘destrincha-lo’.

Utilizando alguns softwares, eles conseguiram crackear o jogo, tornando possível passar pelo insano quinto level. Porém, o que eles encontram foi terrivelmente perturbador, fazendo com que abandonassem o game imediatamente.

De acordo com os relatos deixados pelos hackers, o jogo ficava ainda mais estranho após passar pelo level cinco. O jogo travava violentamente e fechava, copiando vários arquivos para a pasta do systema de arquivos temporários, ao ponto da memória RAM ficar completamente congestionada.

Esses arquivos mostravam imagens de pessoas com rostos terrivelmente deformados, parecendo gritar de dor e agonia, com olhos que pareciam chorar sangue.

Se o usuário tentasse deletar esses arquivos, o computador apresentaria imediatamente a terrível tela azul, causando danos irreparáveis ao disco rígido.

Os hackers descobriram que tudo era causado por um único byte contido na ROM, que era ativado assim que o quinto level era concluído. Após remover esse byte, eles conseguiram prosseguir para o sexto e último level.

Infelizmente, os hackers rejeitaram todos os pedidos para que contassem o que viram no final do level. Todos ficaram paranoicos e depressivos, recusando falar sobre qualquer coisa relacionada ao jogo, mostrando vários sintomas de stress pós-traumático.

Dentro de uma semana, alguns deixaram de formar frases coerentes. Dentro de um mês, tosos desapareceram.

Ninguém sabe o que havia no jogo para causar tanto dano psicológico.

Dois anos após o desaparecimento dos hackers, um homem foi preso após tentar sequestrar uma garotinha de oito anos. Através de exames de DNA e digitais, o homem foi identificado como um dos hackers que viram o final do jogo.

Ele estava usando um chapéu branco de cozinheiro e possuía um olhar que demonstrava uma intensa malícia e insanidade.

 Quando interrogado, o homem falava apenas uma coisa:

“Sou o Mr. Mix. Shhh…”


Creeper da Semana: Lucas Viana Hahn


Idade: 14 anos

Estado: Goiás

Como Conheceu o Blog/Por que gosta de Creepypastas: Eu conheci o blog quando eu estava querendo contar historias pros meus amigos, ai eu vi as creepypastas e tomei gosto pelo assunto e agora tenho uma canal no youtube onde invento algumas e outras tiro do blog.

Contatos:
Youtube: http://www.youtube.com/channel/UCamINpjwAHGNBpdQ6uhBWng?feature=watch

(Creeper de Semana - 13/10/2014 à 19/10/2014)

Quer se tornar o próximo Creeper da Semana? Clique aqui e saiba como!

13/10/2014

SCP - 023



Item #: SCP-023

Classe: Euclid

Procedimentos especiais de contenção: O SCP 023 deve ser mantido em uma unidade de contenção com área de 5x5 m. O SCP deve ser mantido em uma intersecção de corredores fechados no Setor 51, com pelo menos três metros em cada direção, e uma porta falsa em três dos quatro finais dos corredores, com a adição de uma porta real. Câmeras de segurança devem ser postas acima das quatro portas.

As cavidades oculares do SCP 023 devem permanecer preenchidas por discos feitos com borracha dura. Os discos devem ser substituídos devido a degradação. A degradação deve ser monitorada medindo o brilho do efeito de “calor” enquanto observado palas câmeras de vigilância. Brilho maior que 12 candelas requer que os discos sejam substituídos a cada (12) horas. 

Os discos devem se substituídos apenas individualmente, e somente depois que o sol se pôr completamente. O funcionário não deve olhar diretamente para os olhos do SCP-023 em momento algum.

Devido ao Incidente 023-27¹ todas as superfícies reflexivas, incluindo telas, monitores, e qualquer outro tipo de dispositivo ocular não serão permitidos a uma distância de 30 metros da cela do SCP-023. Isso inclui monitores ligados às câmeras de segurança dentro do recinto. Funcionários da segurança postados na saída de cada lado do corredor reforçarão essas medidas de segurança.

Experimentos envolvendo o SCP-023 foram suspensos definitivamente.

Descrição: O SCP-023 é um grande, peludo, e assexuado cão (1,5 metros na altura do ombro) com pelo negro. Ele tem brilhantes olhos vermelhos alaranjados e dentes proeminentes (veja o Relatório de Incidente 023-26²). No momento em que um indivíduo manter contato ocular com o SCP-023, ou essa pessoa ou um membro próximo da família morrerá em exatamente (1) ano após quebrar o contato. Pesquisas sobre o método de seleção está incompleta devido aos atrasos com os experimentos, mas os dados recolhidos até agora mostram que ter uma grande família diminui as chances da morte do próprio indivíduo que manteve contato com o SCP-023 e nenhum padrão ou preferência de vítimas foram encontrados. Isso pode indicar que todas as vítimas são selecionadas de forma completamente aleatória, mas ainda é desconhecido se a seleção ocorre no começo ou no fim do período de um ano. Tentativas de eliminar um indivíduo que manteve contato com o SCP-023 e a sua família antes que o período de um ano terminasse [DADOS APAGADOS].

Autópsias dos indivíduos mortos pelos efeitos do SCP-023 mostram que, aparentemente estejam intactos seus interiores foram ‘preenchidos’ por uma grande quantidade compacta de cinzas, incluindo não apenas todos os órgãos como também o sistema circulatório. Músculos, ossos e cérebro mostram sinais de exposição a temperaturas acima de ██°C.

Se não for contido em uma construção que pelo menos superficialmente lembre uma “encruzilhada” o SCP-023 passará pelas paredes procurando o lugar mais próximo que pareça uma encruzilhada, incinerando todos os materiais pelos quais passar.

O SCP-023 foi trazido para fundação quando ele atacou uma igreja em ███████ enquanto ocorria uma missa, matando █ civis diretamente e [EDITADO] como resultado do contato ocular. 

Após a captura do SCP-023, amnésicos de classe B foram administrados em todas as testemunhas e sobreviventes. O incidente foi dado como um incêndio culposo.


Apêncide 023-001

O SCP-023 escapou do confinamento em ██/██/████ passando pelas paredes (Incidente 023-01). O SCP-023 foi encontrado mais tarde na interseção de dois corredores em uma área do Setor -███. O Agente █████ notou uma similaridade com um [EDITADO]. Procedimentos avançados de contenção para o SCP-023 atualizados. O assistente de pesquisas ███████ levou uma advertência por neglligência.

Apêndice 023-002

O SCP-023 foi responsável pela morte de ███ funcionários e ██ civis desde que foi trazido para contenção em 12/10/██94.

Apêndide 023-003:

Pedido de reclassificação para Keter pendente.





O SCP-023, mantido em uma área de contenção temporária durante a fuga do SCP-███.



1 - Incidente 023-27                                                                                                             

SCP envolvido: SCP-023

Funcionário envolvido: Dr. ████, [DADOS EXCLUIDOS]

Data: ██/██/██

Local: Setor-███

Descrição: Cronologia dos acontecimentos:

00:00:10 – Um par de olhos de vidro foi inserido nas cavidades oculares do SCP-023 por dois funcionários de classe D.
00:00:15 – Olhos de vidro ganharam um tom vermelho alaranjado, similares aos olhos originais do SCP-023 antes de serem removidos.
00:03:13 – Olhos de vidro começam a derreter.
00:05:54 – [DADOS EXCLUIDOS] aparece em todas as lentes, janelas, espelhos, monitores e superfícies de vidro no Setor ██.
00:06:12 – Ordenada a evacuação do Setor-███.
06:54:07 – Sol visível no horizonte. Funcionário classe D enviando para checar a área próxima da contenção do SCP-023. [DADOS EXCLUIDOS] se foi. O único traço do SCP-023 é um local queimado no chão rodeado por uma poça de vidro colorido.



Registro do funcionário: Dr. ████

Data: ██/██/████

É minha culpa. Condenei o meu time de pesquisas, e provavelmente o resto do complexo. Tudo que resta é continuar tentando. Precisamos conter o SCP-023.

Nota: Em ██/██/████, um ano depois do Incidente 023-27, ███ foram enterrados em uma grande vala fora do Setor ██.



2 – Relatório de Incidente 023-026

SCP envolvido: SCP-023

Funcionário envolvido: Dr. ████████, 5 funcionários classe D

Data: ██/██/██ - ██/██/██

Local: Setor ██

Descrição:

Em uma tentativa de reduzir os perigos representados pelo SCP-023, o Dr. ███████ aprovou a remoção dos olhos e dentes do 023. Imediatamente após a remoção dos olhos o SCP-023 quebrou a segurança fugindo. O SCP-023 foi recapturado em um trecho da interestadual ███ as 4:37 P.M., e foi recolhido de volta para a contenção, onde funcionários classe D acabaram de retirar seus dentes. O número de civis expostos ao SCP-023 durante esse período é desconhecido.

Apêndice-023-026-1:

Como em ██/██/████, o Dr. ████████ foi rebaixado para classe D por contribuir com o incidente-023-026. O Dr ████ agora está encarregado  do SCP-023.
A grande dificuldade de contenção como resultado do trabalho do Dr. ████████ deve servir para lembrar a todos os funcionários do propósito da fundação. Segurança, Contenção e Proteção. Pesquisa, experimentos, conveniência, e mesmo a segurança dos funcionários da fundação são interesses secundários. Nós não trabalhamos para proteger a nós mesmos.

Apêndice-023-026-2:

Um total de █ corpos foram identificados um ano após o Incidente 023-26 como resultado da exposição ao SCP-023.

__________________________________

O que é SCP?

09/10/2014

[MALDIÇÕES E REAÇÕES] The Top 5 Scariest Supernatural Clips: Parte 2 - Videos Fantasmagóricos!

Pra vocês que não sabiam, lançaram a parte 2 daquele famoso Top 5 Videos Supernaturais Mais Assustadores! Porém, comparado ao primeiro... Bem... Simplesmente assistam.

Confiram! Se gostarem, não se esqueçam daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/


Link para o vídeo:

08/10/2014

[CREEPY VIDEOS] Jogando Remember.EXE Parte 2 - O Trollador de PC's!

Parabéns ao criador desse jogo, e em especial, ao BEN, por foder meu PC novamente! '-'

Confiram! Se gostarem, não se esqueçam daquele like maroto e comentem ai embaixo o que acharam \o/


Link para download do jogo: